sábado, 6 de maio de 2017

Rocketeer - As Aventuras Completas

ROCKETEER: AS AVENTURAS COMPLETAS - DAVE STEVENS
Digitalização e Tratamento: Outsider Z/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Depois de longos agora posso saber o que aconteceu a Cliff Secord quando ele entrou em seu avião para ir atrás de sua amada Betty, que havia ido para Nova York sem avisar. 

A edição traz a já clássica aventura publicada na série de Graphic Novels da Editora Abril, lá na década de 80, e que eletrizou uma geração, que logo teria o prazer de ver o hrói na tela grande, no filme produzido pelos Estúdios Disney e dirigido por Joe Johnston, o mesmo que daria início a franquia do Capitão América, na Marvel Studios.

Cliff chega a Nova York e, claro, encontra sua namorada. Mas, encontra muito mais. Ele acaba por esbarrar com seu passado, quando trabalhava com uma trupe de circo e esteve presente e foi o pivô de uma grande tragédia que volta para assombrá-lo. Pessoas estão sendo mortas e um misterioso homem precisa da ajuda de Cliff, já que parece estar tudo inteligado. 

Mais uma vez o homem voador cruza os céus com seu foguete que caiu em seu colo, graças aos nazistas. 

Dave Stevens criou um super-herói que parecia ter sempre existido, desde a década de 30, e nós é que nunca o conhecemos até que ele retonou às bancas na década de 80. Sim, eu achava isso na época. 

Uma pena o autor ter nos deixado tão cedo. Com certeza ainda havia muito para se contar. 



7 comentários:

James Hatter Rem disse...

Valeu, estou curiosa, se gostar vou comprar a ediçãoda HQM.

Antonio Bedran disse...

Parte da minha infância. Final dos anos 1960/início dos 70? Não lembro mais mas havia uma programação à tarde que tinha sempre, todos os dias, um "seriado" - eram P&B e não muito longos. Vi os antiquérrimos "Flash Gordon", "Fantasma" e alguns outros que não lembro mais e tinha um que era o Homem-foguete. Foi uma BAITA surpresa quando conheci a versão para quadrinhos dos anos 80 graças ao FARRA, consegui comprar uma edição daquela época num sebo e depois assisti ao filme com Timothy Dalton (007) de vilão.
Não sabia que tinha outras aventuras!! - A tal "mochila" já existe tem umas décadas. Não entendo porque pouco se houve falar/ver mesmo em filmes de guerra etc. Numa das Olimpíadas - nos EUA - após a abertura com Lionel Richie houve uma apresentação de um homem usando um foguete às costas e evoluindo nos céus para o mundo todo ver. Depois disso não vi mais a não ser em um documentário que mostrava vários artefatos parecidos, de decolagem vertical e movidos a jato, em consórcio com a tecnologia drone etc.
Outra coisa que eu queria ver - e acho que pode mesmo existir - é o SubVoador de Viagem ao Fundo do Mar. Posso estar errado mas desde os mísseis polares sendo lançados de submarinos que sequer precisavam, já naquela época, emergir para dispará-los, o pequeno submarino mirim que voava também saindo do Seaview com este submerso já poderia ter sido desenvolvido.
Obrigado, Eudes.

FLAVIO SAMPAIO disse...

Grato pelo scan, eu tenho o encadernado da HQM más vale a pena ter em formato digital também XD.

painTing ADDicted disse...

obrigado

Cicero disse...

É engraçado você pensar que este herói é só um cara comum com um foguete nas costas, o que, na maioria das vezes, não serve pra muita coisa. Mas a história é divertida. E adoro a arte e a estética dos anos 40.

Marcelo disse...

A boa e velha mistificação dos Quadrinhos. Algo que serve bem para crianças e adolescentes bobos sonhar com um mundo de vilões maus que não fazem nada ruim de verdade, em que prostitutas como Bettie Page são quase virgens e no qual, o sonho maior dos americanos, não existem pessoas negras e sorveterias tem a forma de bulldogs. Se não fosse pelos excelentes desenhos essa HQ nem deveria ser lida.

Uma das mais simplórias de todos os tempos.

Anônimo disse...

Cara, você está falando merda! Bettie Page, até onde se sabe, nunca foi prostituta. Sua preocupação maior foi em atacar os americanos, se não gosta cara, basta não ler. Agora não venha aqui pagar de intelectual.

Business

category2