domingo, 26 de março de 2017

The Congress

O CONGRESSO FUTURISTA - 2013
DVDRip/Avi/Áudio em inglês/Legenda separada
em português/122 minutos/903 MB

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Robin Wright (a atriz de A Princesa Prometida, Forrest Gump e House of Cards) interpreta ela mesma neste filme que mistura live action e animação. Ou, ao menos, uma Robin Wright fictícia. Os primeiros 45 minutos são uma introdução um tanto quanto lenta para a animação que vem a seguir. Por isso, não desista, pois a recompensa vale a pena.

Robin é uma atriz que está em decadência. Não consegue mais papéis em filmes interessante e, segundo seu agente (Harvey Keitel), tudo isso foi devido às suas escolhas. Mãe de uma adolescente e um menino, que sofre de uma doença degenerativa. 

Ela recebe uma proposta de contrato um tanto quanto inusitada e polêmica: querem que ela venda sua imagem. Ela será digitalizada e o estúdio Miramountt terá direitos sobre ela, não precisando mais da mesma para poder fazer seus filmes. Pelo contrato, Robin não poderá atuar nunca mais, nem em peça de escola. Ela terá que se vender literalmente. 

Se passam 20 anos desde que ela assinou o contrato. A Miramount se tornou uma multinacional poderosa e agora está no ramo de compostos químicos que fazem com que as pessoas sejam quem elas quiserem, imergindo em um mundo totalmente animado. 

Convidada para um congresso que a Miramount está promovendo, Robin Wright só pode entrar se aceitar a droga que a transforma em uma animação. É aí que o filme começa de verdade. 

Quando adentra aquele mundo ela percebe o quanto as coisas realmente mudaram. O quanto as pessoas estão apenas a procura de serem outras pessoas, esquecendo de si mesmas, apenas por uma satisfação ilusória. 

A animação psicodélica parece uma mistura de Looney Tunes com Ralph Bakshi, que vai ficando cada vez mais surrealista. Quanto mais ela demora a sair daquele mundo, vai ficando mais e mais presa nele. 

Preocupada com o filho, já adulto, que precisa de seus cuidados, Robin não sabe mais como fazer para escapar daquele mundo fantástico, mas opressor. 

O fiklme é dirigido por Ari Folman, o mesmo de Valsa com Bashir e que está com um projeto de animação baseado na vida de Anne Frank.






2 comentários:

Anônimo disse...

2014? Três anos depois do lançamento e eu nunca ouvi falar desse filme. Como coisas assim tão interessantes passam batido, mesmo acompanhando os lançamentos. Valeu pela postagem!

Marcelo disse...

Se for no mesmo nível daquela chatice "Valsa com Bashir" eu aconselho que pessoas com depressão não assistam esse filme, pois a vontade de se matar vai passar de 8.000.

Business

category2