segunda-feira, 13 de março de 2017

Replay: X-Men: Garotas em Fuga

X-MEN: GAROTAS EM FUGA - CLAREMONT e MANARA
Digitalização e Tratamento by Eudes Honorato/Onomatopéia Digital

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Chris Claremont retorna mais uma vez aos mutantes mais populares do planeta, desta vez para criar uma história para o lápis do mestre das HQs eróticas, Milo Manara. 

Como não poderia deixar de ser, X-Men: Garotas em Fuga é protagonizado apenas pelas X-Girls. São elas, Tempestade, Psylocke, Kitty Pride, Garota Marvel (Rachel Summers-Grey), Rainha Branca e Vampira. 

Na história, as garotas saem para se divertir na casa de praia herdada por Vampira. Porém, a folga é interrompida quando a Garota Marvel é raptada. Os raptores a levaram para Madripooer e, claro, suas amigas vão ao resgate o mais rápido possível, aprontando altas confusões. 

Obviamente Manara não pode fazer o que faz de melhor em uma HQ da Marvel/Disney. Mas, seu traço não poupa as X-Girls na sensualidade e elas estão constantemente se abraçando, se tocando, se... ai, Meu Deus!

Bom, o mestre das poses impossíveis criticadas pelos babacas de plantão mostra a aque veio nesta HQ leve e divertida, sem pretensões de ser um marco da civilização terrestre a ser encontrada por exploradores alienígenas, mudando assim todo o contexto do universo.

REPLAY são scans que foram feitos há bastante tempo, mas saíram do blog por motivos que nem lembro mais. Como estão em boa qualidade não precisam ser refeitos, apenas repostados.




14 comentários:

Querco disse...

"Bom, o mestre das poses impossíveis criticadas pelos babacas de plantão mostra a aque veio nesta HQ leve e divertida, sem pretensões de ser um marco da civilização terrestre a ser encontrada por exploradores alienígenas, mudando assim todo o contexto do universo."

Alan Moore pode ser considerado um "babaca de plantão"? Porque ele é crítico dessa representação feminina do Manara...

Eu acho que a questão não é essa... Se um quadrinho ou uma ideia nos coloca a pensar sobre nossos sistemas de representação do feminino o mínimo que eu tenho de fazer é dar uma chance aos argumentos dele. Mandar todo mundo que se incomoda com isso pra categoria de "babacas de plantão" é muito arrogante, pra dizer o mínimo.

Eudes Honorato disse...

Sou fã do Moore, mas nao quer dizer que o que ele fala seja a palavra divina. peo maor de |Deus, ah, pq o Moore falou,.,, me poupa vai. Ele acredita que é um mago, porra!

Eudes Honorato disse...

E sim, são todos babacas, pq levam quadrinhos mais a sério do que a porra da vida real, onde acontecem as coisas que realmen te incomodam.

Eudes Honorato disse...

E ao dizer isso, nao to mandando ng concordar comigo. Cada um na sua.

luiz cláudio disse...

São babacas Hipócritas*

Marcelo disse...

E os babacas de plantão continuam a minimizar. Foda-se quem quer pautar a maneira como um artista quer representar as portas das mulheres que eles desenham. É o trabalho deles. Eles é que se esforçaram durante anos de treinamento sobre o papel para que idiotas mimizentos queriam dizer como eles devem ou não devem fazer o próprio trabalho. Vão vocês se debruçar sobre a prancheta é desenhar da maneira que vocês acham adequada. Bundões.

Querco disse...

Eu endeusar o Moore? jamais. Mas acho ele no mínimo inteligente, logo não o enquadro na categoria de "babaca". Por fim, eu acho que vcs tem uma visão muito reducionista do "mundo real". Uma clivagem arbitrária entre a fantasia e o real... Se ao bem servir, e quiserem largar o osso da certeza auto imposta, leia Marleau-Ponty... que não é nenhuma feminista. Talvez a coisa esteja ai, ler o que também o que não somente nos diverte.

Eudes Honorato disse...

Sim, afinal vc sabe tudo que leio e o que deixo de ler, não é, Querco? Vc acha que por eu postar quadrinhos, eu só leio quadrinhos. Como ja disse nao cou obrigado a aceitar opiniões so pq fulano é "um gênio". Pra mim é babaquice se preocupar com poses de super-heroinas, pq o mundo não será mudado por se criticar isso. Será mudado por atitudes praticas. Moore e vc podem e devem ter suas opiniões, querer impingi-las a outros pq é seu "certo', são outros quinhentos.

Eudes Honorato disse...

E não sei pq se ofender com "babacas arrogantes", se vc não se considera um;.

Querco disse...

Não me ofendi, não tenho problema com isso.. posso ficar na sua categoria de babaca, tá beleza. Não disse que o Moore era um "gênio" imaculado, isso quem diz é você. Eu disse apensa que ele é inteligente. Eu penso sim que vc tem uma certeza fantasiosa e que é auto-imposta, já que não coloca nenhum argumento razoável sobre o poder da representação feminina nos quadrinhos e seus efeitos no "Mundo real", a clivagem é arbitrária, logo uma filosofiasinha da linguagem e da percepção pode ajudar e eu não disse isso querendo sacanear ninguém, querendo ser arrogante... Tou contestando tuas ideias porque foi vc quem abriu essa possibilidade no teu texto e eu comentei, afinal esse blog é um espaço público, aberto, tá na rede com livre acesso.
De toda forma não concordo de maneira nenhuma em chamar quem se preocupa com essas questões de "babacas", o séquito rasga-ceda aqui fez coro. Só lamento, me oponho mesmo.

Eudes Honorato disse...

Vc é arrogante. Talvez vc até acrdeite que não é, mas é. Eu sei ser arrogante, pelo menos sei disso. Mas vc acha que nesse seu jeito de argumentar nao tem arrogancia pq vc é o interlocutor. Chama quem não concorda com vc de séquito rasga-Seda, se isso nao é arrogancia entao vc é realmente cego sobre si mesmo.

E não, não sou obrigado a citar argumentos que fuindamentem eu chamar que se preocupa com uma bunda pra cima numa midia onde a suspensão de descrença inclui isso, de babaca arrogante. São pessoas vasias que querem se sentir importantes mesmo não faendo porra nenhuma de real no mundo real para as lutas que tanto dizem defender. Querem se sentir bem consigo mesmas.

Querco disse...

Beleza, um ensinamento. Tentarei me desfazer da arrogância e me centrar no diálogo. De antemão, te peço, por favor, que repense essa divisão inexorável entre o real e o representativo.

Van Brand disse...

A arte sempre representou a beleza da natureza, não vai ser hoje que isso vai mudar. E no dia que mudar eu não quero estar aqui, pois será um mundo censurado, bem ao estilo de 1984 e V de Vingança, ou melhor, nem precisamos sair de nosso mundo para encontrarmos tais "distopias" em países subdesenvolvidos e/ou extremistas.
Atualmente, invés de comemorarmos a liberdade de expressão estamos vendo um processo de retrocesso, as pessoas estão cada vez mais quadradas, tentando destruir liberdades básicas já conquistadas.
Se um artista não puder se expressar não demora muito para que outras coisas sejam cerceadas, não demora para que percamos o direito de simples escolha, pois é muita gente querendo muita coisa pra si e nada pro outro, logo estaremos todos de mãos atadas, desse jeito só quem perde é a liberdade de expressão.

Eudes Honorato disse...

Levaram-se anos para que o maldito Comics Authority Code fosse banido, mas digo que, se continuar com essas vigilancias miltantes em cima de meros quadrinhos, em breve teremos um novo código de censura estampando as paginas dos quadrinhos... e Wertham terá vencido.

Business

category2