quinta-feira, 30 de junho de 2016

Uma Guerra Que Não é Minha

UMA GUERRA QUE NÂO É MINHA



Morrer em outro planeta em uma guerra que não era minha. Vamos colonizar, foi o que me disseram. O planeta é desabitado. Não percebi que a nave-mãe Aura tinha um compartimento de armas, e que eu assinei um contrato de combate em caso de emergência. Lizzie sempre me chamava de ingênuo. Lizzie. Ainda é difícil lembrar dela morrendo no segundo levante. Ela nem mesmo era um soldado, era uma botânica.

A morfina me ajuda a aguentar os últimos minutos. A perda de sangue vai me matar. Não há nenhum socorro vindo, porque não há mais ninguém para vir. O mais irônico é que creio que demos tudo o que os nativos precisavam para iniciar uma invasão à Terra. O que faltar, eles vão completar. Apenas pareciam burros. Aparências enganam, não julgue um livro pela capa, nem um alienigena pelas suas antenas... eu começo a rir e sangue sai da minha boca.

Eu devia ter desconfiado quando encontrei tantos outros solados aposentados, como eu. Era a chance de ver o universo, conquistar as estrelas. Viver uma vida calma e plena ao lado de Lizzie. Malditos políticos de merda. Não cansam de mentir.

Os habitantes eram pacíficos, e isso deve ter animado os malditos e tomarem o planeta à força. Suas pesquisas, como descobri depois, não encontraram nenhum tipo de arma letal. Apenas tecnologia agrícola avançada entre outras inofensivas, para comunicação e até entretenimento. Nada mais.

O que não entenderam, era que eles eram um povo pacífico porque nâo se sentiam ameaçados. Não tinham tecnologia defensiva porque não precisavam dela. Isso não significava que eles não poderiam improvisar e lutar. Como ser humano é prepotente.

Ao menos não matei nenhum deles, eu acho. Não, não por ser um pacifista. Eu fui um soldado, eu sabia quando era hora de lutar. Não adiantava mais pensar sobre o certo e o errado. Eu estava no meio do maldito inferno e agora tinha que abraçar o Diabo. O problema era que eles apenas eram melhores que eu. Como se tivessem lutado mil guerras.Como se tivessem nascido guerreiros.

Mas, era apenas algo que pareciam conhecer muito bem: instinto de sobrevivência. Os que atingi simplesmente não aceitavam a morte. As bombas neutrônicas arrasaram cidades inteiras, mas nunca exterminavam todos os habitantes. Até as crianças se tornaram ferozes, como se o medo fosse sua fonte de energia.

Morrer aqui, neste pântano, cercado de todos esses cadáveres, é mais do que justo. Ao menos posso ver o General Dalton daqui. O simpático Dr. Mark Dalto, chefe da expedição, cientista-chefe, era também, um soldado sanguinário e um comandante cruel. Matou muitos que disseram que não iam aceitar aquele engodo. Ele estava autorizado.

Vejo Lizzie. Alucinação ou, quem sabe, ela veio de um lugar melhor, para me levar. Sinto sua mão puxar meu braço. É quente.

- Corey! Corey! O que você tem? Acorde. O planeta... é habitado! O planeta é habitado e parece que teremos de lutar contra os habitantes. O general disse que temos novas ordens e que eles não são beligerantes. O que faremos, Corey!

- Eu... eu sei. Eu sei de tudo. Lizzie. Eu acho que fui contatado. Quando eu pegar em armas, vamos tomar a Aura. Você está comigo?


quarta-feira, 29 de junho de 2016

Time Lapse

TIME LAPSE - 2014
BRRip/MP4/Legendado/WS/84 min./806 MB

PARA BAIXAR CLIQUE AQUI
Links Alt.: Filme e Legenda

Imagine que os filmes Cova Rasa e Janela Indiscreta se encontraram em uma história sobre viagem no tempo. É mais ou menos o Time Lapse parece.

Callie (Danielle Panabaker, a Dra.  Caitlin Snow de The Flash), Finn e Jasper dividem uma casa e Finn, que é noivo de Callie, trabalha como síndico do pequeno condomínio. Callie almeja ser escritora, Finn é um aspirante a pintor e Jasper um drogado que também é viciado em apostar em corridas de cachorro. 

Um dia percebem que um senhor de uma das casas não tem mais dado as caras. Quando Callie vai ver o que pode ter acontecido, encontra algo realmente muito estranho: uma espécie de máquina fotográfica gigante, apontada para a janela da casa deles e várias fotos estilo polaroid colocadas em um mural. Ela logo chama os dois rapazes para verem aquilo. 

Analisando as fotos eles chegam à bizarra conclusão de que ela tira fotos do que acontecerá 24 horas depois. Ela tira fotos do futuro. Procurando mais, descobrem que o velho está morto e deduzem que talvez ele tenha tentado mudar o futuro e sofreu as consequências. 

Finn pensa em chamar a polícia, mas Jasper acaba por convenc~e-lo a usar a máquina em benefício próprio. Claro, apostando nos cães e ficando ricos. O que precisam fazer é apenas tirar a foto do que acontecerá no dia seguinte, ou seja, eles mostrando o resultado das corridas do dia seguinte. 

Na foto, aparece também um quadro que teria sido pintado por Finn, que vivia sem inspiração. Agora ele já sabe o que pintará. O que na verdade gera um paradoxo, pois ele pinta o que vê na foto. Então, como o que... ah, esquece. 

Claro, em um filme desse tipo, com tudo a favor dos personagens, já sabemos o que vai começar a acontecer em breve: merda. Junto aos resultados das corridas futuros, vem também revelações nada agradáveis sobre o que está para acontecer com os três amigos. 





terça-feira, 28 de junho de 2016

Outros Heróis

HQ VINTAGE - O PASSADO QUE MOLDOU O PRESENTE DAS HQs



Desde que vi uma HQ digitalizada pela primeira vez lá em 2002, em um pequeno site, escondido nos recônditos da internet, em que se baixava página por página, até os dias de hoje em que se pode ler on line e baixar pacotes de HQs completas, já se passaram muitos anos e de um que eu conhecia, hoje existem dezenas. A grande maioria fazendo ótimo trabalho. Alguns especializados em um genêro ou editora específica.

É o caso aqui do HQ VINTAGE, especializado em quadrinhos antigos dois nossos amados e idolatrados super-heróis, salve, salve. Para nos dizer mais sobre esse projeto, vamos "escutar" se fundador, Nano Falcão: 

Eu tenho esse blog como um pequeno hobby, onde traduzo/escaneio algumas revistas clássicas antigas, muitas das quais pouco ou nunca publicadas no Brasil, algumas delas apenas na época do preto e branco ou formatinho.


GUARDIÕES DO GLOBO - UM BLOG COM EXCELENTE IMAGEM


O blog GUARDIÕES DO GLOBO me obrigou a ler scans. Eu explico melhor: apesar de digitalizar muitos quadrinhos, essa mesma atividade fazia com que eu não tivesse tempo para ler scans feitos por outros. Porém, quando finalmente descobri o Guardiões do Globo, com sua especialidade em Image, eu tive de arranjar um tempo para isso, pois não fazia ideia da quantidade de material existente lá, e com essa qualidade maravilhosa com que a Imagem vem nos brindando já tem um tempo, desde que se livrou da... imagem com que ficou conhecida nos anos 90, onde seus quadrinhos eram apenas sobre heróis e esteróides, com alguma intervenção do Mago Moore de vez em quando. Agora, até Moore elogia - de verdade - os quadrinhos deles, no caso, The Wicked and The Divine. 

Graças ao blog, a seção Scans Que Eu Li está sempre recheada de bons quadrinhos que eu parei... e li. 


GUIA EBAL - SALVANDO O LEGADO DE UM HOMEM


Desde que li o livro Guerra dos Gibis de Gonçalo Júnior, meu respeito por Adolfo Aizen, o fundador da Editora Brasil-América (EBAL), triplicou. O homem que fundou a editora também foi aquele que trouxe os quadrinhos de super-heróis para o Brasil. São estes quadrinhos que o GUIA EBAL se propôs a digitalizar e colocar a disposição de todos, como num verdadeiro museu em que você entra e leva uma cópia das peças ali expostas. 

O Guia Ebal faz aquilo para o qual os scans nasceram: a preservação da memória dos quadrinhos. Quando as cópias em papel não existirem mais, as cópias digitais ainda estarão por aí, sendo compartilhadas e o legado de um homem que fez alegre a infância de muita gente, nunca será esquecido.


segunda-feira, 27 de junho de 2016

Rocketeer - O Filme

ROCKETEER - 1991
BRRip/MKV/Dual-Áudio/Legenda/WS/2.67 GB/
108 min Fonte: Site Tela de Cinema

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI 
Links Alt.: Filme e Legenda

Uma pena que Dave Stevens, o criador do personagem Rocketeer  já tenha nos deixado. Sua criatividade nos deu esse que é um dos heróis mais emblemáticos fora desse circuito de músculos e superpoderes. 

Quando li a graphic novel - gibi gourmet - de Rocketeer na década de 80, eu jurava que aquilo tinha sido publicado na década de 30 e me perguntava porque eu nunca havia ouvido falar daquele heróis por todo esse tempo. Mais tarde entendi que Dave Stevens era um autor contemporâneo e, entendi também, que não tínhamos mais aventuras de Rocketeer, ao menos aqui no Brasil. 

O personagem era justamente uma homenagem a esses heróis de seriado da década de 30 e 40, estilo cara com um foguete nas costas que está sempre salvando a mocinha e tem um velho que entende de mecânica e está sempre com seu velho buldogue ao lado. 

Neste caso específico, Cliff Secord (Billy Campbell) é um piloto que encontra esse jato revolucionário que permitre um homem voar. Com a ajuda do velho Peabody (Alan Arkin) ele acaba se transformando em um herói. Porém, não só os donos querem o jato de volta, mas outras pessoas que podem acabar machucando a sua namorada Jenny Blake (Jennifer Connelly). 

O filme é dirigido pór Joe Johnston, ex-técnico de efeitos especiais que trabalhou nos primeiros Star Wars. O diretor tem alguns clássicos que já são parte da infância de algumas gerações como Querida Encolhi as Crianças e Jumanji. Além disso, dirigiu o primeiro filme do Capitão América que deu o pontapé inicial à franquia da Marvel. 

Para baixar a Graphic Novel clique AQUI

domingo, 26 de junho de 2016

WE3 Edição Definitiva

WE3 EDIÇÃO DEFINITIVA
Digitalização e Ajustes by HORDA Comics e ÐØØM™ Scans

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI ou AQUI

O Exército dos EUA procura novos meios de vencer uma guerra sem que soldados sejam sacrificados. Para isso, veem em animais de estimação uma alternativa. Geralmente inteligentes, podem servir como a arma definitiva. A Dra. Roseane é a cabeça do projeto WE3. Ele consiste basicamente em transformar em armas letais um cão, um gato e um coelho. Obedientes, servem aos propósitos que o exército necessita. Porém, depois de algumas missões, os três animais e o projeto serão... encerrados. É onde tudo começa a dar errado, ao menos para os algozes dos três animais.

Dra. Roseane, em uma crise de consciência, ajuda na fuga dos animais. E, é claro, o exército manda soldados para capturá-los. Soldados contra três máquinas de guerra altamente sofisticadas e decididas a voltar para casa. 

Grant Morrison e Frank Quitely em mais essa parceria criam uma fábula adulta sobre a ânsia de liberdade e a luta por ela. Em um quadrinhoscheio de ação e cenas que parecem ter saído diretamente do cinema, os dois nos transportam para essa fantástica aventura que nos faz fica com os nervos à flor da pele e nos emociona. 


WE 3 EDIÇÃO DEFINITIVA (Versão Branca)
Digitalização e Ajustes by ÐØØM™ Scans e HORDA Comics

PARA BAIXAR VÁ AO ÐØØM™ Scans

Enquanto o Alan tratava os scans percebemos o quanto aquela escuridão toda que permeia a HQ, incluindo as bordas, pode ser meio irritante e cansativo, às vezes. Procurando não alterar nada da arte, decidimos fazer uma "versão branca", onde as bordas foram "pintadas" de branco. Para que houvesse opção, fizemos as duas versões: a original e esta. A versão branca está disponível no blog do Alan, onde podem ser encontrados outros scans e livros raros para download. Abaixo, uma comparação.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Scans Que Eu Li: TW + TD #01 a #20

THE WICKED + THE DIVINE #01 a #20 (em andamento)
Tradução e Letras by Guardiões do Globo







PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI ou AQUI

A cada 90 anos 12 deuses voltam à Terra para habitar entre nós, meros humanos. Em 2014 eles estão de volta e são astros endeusados ...err... pelo público. Costumam se apresentar no Ragnarock e seus fãs fazem reuniões estilo ComiCon no já famoso Fanteão. Sim, é um trocadilho com Panteão. 

Laura Wilson é uma adolescente entre milhões de outras que é fã dos deuses encarnados. Apesar de ser fã de Amaterasu, Baal e Innana, ela acaba entrando em contato mesmo é com Lúcifer, uma mulher cínica e que não é tão benquista assim. 

Quando Lúcifer é acusada de matar um juíz, usando seus poderes divinos sem permissão, Laura Wilson é a única que acredita em sua inocência e faz de tudo para provar que Lúcifer está dizendo a verdade, pelo menos desta vez. 

Todo o problema é que laura não vai enfrentar o ceticismo apenas dos humanos, mas dos próprios deuses restantes, incluindo de Annake, a deusa que, por assim dizer, gerencia a vinda dos deuses à Terra. Eles vêem e morrem em dois anos. Então procuram viver intensamente. 

Os roteiros de Kieron Giller são incrivelmente empolgantes e a arte de Jamie McElvie junto às cores de Matthew Wilson são algo assim do outro mundo. 

 


quinta-feira, 23 de junho de 2016

El-Hazard #04 a #06

EL-HAZARD #04 a #06 de 06
Digitalização e Recuperação by Renato P./HORDA Comics


PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI
Links Alt.: 01, 02, 0304, 05, 06

Makoto Mizuhara foi transportado para El-Hazard por vontade de uma linda e misteriosa garota. Uma vez nesse mundo maravilhoso, ele se viu no meio de uma guerra entre as forças dos reinos aliados contra o exército de insetos Bugrom. Entretando, quem lidera os Bugroms é o colega de infância e inimigo autodeclarado de Makoto, Katsuhiko Jinnai.

Após sofrerem vários ataques covardes de Jinnai, os reinos aliados decidiram utilizar a arma probida, o Olho de Deus. Mas, o vilão já está preparado para contra-atacar, ressuscitando o lendário deus-demônio de El-Hazard que estava escondido no subterrâneo do castelo de Roshtaria. 

A tentativa de Makoto e de seus amigos para impedir a ressurreição da criatura, que na realidade era uma bela deusa-demônio, não deu certo. Além disso, para grande surpresa do herói, a superarma era a mesma garota que fora responsável por levar Makoto e sua turma para El-Hazard.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Ex Machina Vol. 03

EX MACHINA VOLUME 03
Digitalização e Ajustes by HORDA Comics

PARA BAIXAR CLIQUE AQUI ou AQUI

O Prefeito e ex-super-herói Hundred Mitchell ainda vive assombrado pelos acontecimentos do 11 de Setembro. Pra sua surpresa fica sabendo que alguém previu o ataque. Quando descobre quem foi, fica um tanto quanto decepcionado: uma cartomante. Será que ela é apenas uma farsante ou ela sabe mais do que aparenta?

Em seguida, Hundred tem que enfrentar dois problemas de uma única vez. Um novo super-herói quer tomar o manto deixando pela Grande Máquina. Ele se intitula o Autômato. Porém, parece que ele não sabe realmente o que é justiça e o que é apenas paranóia de sua parte. 

Além disso, Hundred é convocado para fazer parte de um júri popular. Seria algo normal,  se um dos jurados não resolvesse fazer uma refém e exigir que Hundred o cure com seus poderes dos problemas que a Guerra do Kuwait causou nele. 

Para fechar com chave de ouro, nosso amado prefeito recebe uma ligação desesperada de sua mãe, há muito afastada do filho. Quando a encontra, em um trailer, no deserto, Hundred descobre algumas coisas que realmente não esperava.

terça-feira, 21 de junho de 2016

Anomalisa

ANOMALISA - 2016
HDRip/AVI/Legendado/Widescreen/90 Min./1.30 GB

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI
Links Alt.: Filme e Legenda

Depois que assisti a este filme, fui marcá-lo no Filmow e aproveitei para ler os comentários. A maioria era positiva. Mas, alguns criticavam que a quantidade grande de comentários postivos se dava apenas por ser um filme de um diretor/roteirista modinha. Que as pessoas queriam pagar de intelectuais, ou algo assim.

No meu caso, só descobri quem era o diretor/roteirista quando so créditos finais subiram. Eu não sabia nada sobre esse filme, apenas o fato de ser uma animação. O diretor/roteirista em questão é Charlie Kaufman que virou estrela depois de Quero Ser John Malkovich. Um filme completamente louco em que pessoas como Cameron Diaz, entravam na cabeça de Malkovich e passavam um tempo sendo ele. 

Eu gostei do filme. É surrealista. Não procurei entendê-lo ou decifrá-lo, apenas curti e viagem de ácido. Foi dirigido por outro louco, Spike Jonze. Que, aliás, dirigiu o próximo dele que assisti: Adaptação. Nicolas Cage faz o papel do próprio Kaufman, que tem uma irmão gêmeo (apenas no filme) e assim começa um exercício de metalinguagem e eu adoro metalinguagem. 

Depois veio Confissões de Uma Mente Perigosa, dirigido por George Clooney. Talvez o filme mais "normal" do roteirista que eu vi até agora. É baseado no livro de um apresentador de programas americano, e ele é (ou era) uma espécie de Silvio Santos por lá. O Show de Calouros era claramente baseado num de seus programas, o Gong Show. E, além de trabalhar na TV, o cara foi contactado pela CIA e se tornou um agente da mesma. Segundo ele mesmo conta. 

Daí veio Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças. Confesso que eu não dei a mínima. Não assisti até pelo menos 3 anos atrás. E, quando vi, não entendi muito bem por que de tanto hype em cima do filme. Acho que não é ruim, apenas não me conectei com a história de forma alguma. 

Sua primeira investida na direção foi em Sinedóque, Nova York. Esse foi o primeiro dele que eu realmente detestei. A história era tão chata, mas tão chata que eu vi pouco mais de 20 minutos de filme. Se melhora depois, não me importa. Não tinha mais saco praquilo. Pensei que era o fim da era de ouro de Kaufman. Até que assisti Anomalisa sem saber que ele estava envolvido. 

Anomalisa começa parecendo bem monótono. Mas, logo entendi porquê. É um drama em animação que fala de fatos da vida que levamos e a vida que levamos pode ser bem monótona. Também fala do que quebra essa monotonia e de como podemos supervalorizar isso por sermos problemáticos e carentes. 

Confesso que quase desisti no começo. O início mostra o enfadonho Michael Stone que, em seu campo, paletras motivacionais é um papa. Ele chega em Connecticut para uma palestra. Casado e com um filho, quando está lá, sozinho, entrar em contato com um antigo amor de antes de seu casamento. Estranhamente, todas as mulheres têm voz de homem. Nos créditos descubro que é o mesmo ator que dubla todos os personagenms homens e mulheres, menos Stone e... Anomalisa. 

Stone é um frustrado na vida emocional, apesar do sucesso na carreira. Não está satisfeito com o casamento e com a vida monótona que leva. Depois da tentativa mal-sucedida de contatar um antigo amor a quem ele abandonou sem maiores explicações, ele se vê novamente "sozinho". 

Então ele conhece duas amigas que vão assistir a palestra e estão hospedadas no mesmo hotel que ele. Saem para beber e, quando vão se retirar, ele pede a Lisa, a mais tímida das duas que o acompanhe em uma saideira em seu quarto. Lisa é a única personagem que tem voz de mulher (Jennifer Jason Leigh, de Os Oito Odiados). 

Lisa é tímida, "gordinha", com ela mesma se define, e tem uma cicatriz no lado da cabeça que esconde com o cabelo. Em suma, ela se acha a menos provável para uma noite de romance com um cara famoso. Mas, Stone está simplesmente encantado por ela.

A noite que passam no quarto é repleta de cenas singelas, como quando ele a pede para cantar e ela, depois de muita insistênca, cantar Girls Just Wanna Have Fun, de Cindy Lauper, de uma forma que faz qualquer pessoa sensível chorar.  Sa voz parece ser o diferencial. Ou talvez o fato de Lisa não ser uma pessoa fútil que, em sua insegurança, mostra-se totalmente sincera. Dizer mais do que isso, seria estragar a diversão ou... reflexão. 

Fora tudo isso, temos um fato que já vale Anomalisa por si só: é uma animação em stop motion das mais incríveis que já vi, com, talvez, a primeira cena de sexo totalmente em stop motion,ao menos, que eu saiba. E que cena singela. 

Bom, vou parar por aqui e quem quiser é só baixar e curtir.





domingo, 19 de junho de 2016

Scans Que Eu Li: Pretty Deadly 01 a 09

PRETTY DEADLY #01 a #09 (em andamento)
Tradução e Letras by Guardiões do Globo



PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI ou AQUI 

O Coelho conta à Borboleta uma história sobre uma menina com olhos de cores diferentes que anda com seu tutor pelo Velho Oeste contando a seguinte história:

Um homem amava tanto certa mulher que a prendeu em uma torre. Tal amor desmedido fez com que a mulher adoecesse e morresse sozinha na torre. Ou... quase só. 

A Morte veio até ela e se apaixonou e a mulher veio a dar a luz uma menina, filha da Morte. Ginny. 

Agora Ginny anda a solta pelo mundo, fugida dos domínios de seu pai. Ela está no encalço de um monstro que nasceu há muito tempo e que precisa ser exterminado. 

Além dela, uma caçadora enviada por seu pai também está no encalço do monstro. Cada uma tem seus próprios motivos. 

Um conto de fantasia que se passa no Velho Oeste e... na Primeira Guerra Mundial. Pelo menos até aqui. 

Um conto escrito e ilustrado por mulheres de forte talento que criam uma história sobre mulheres de forte personalidade. Cavalgue com elas e descubra o desenrolar desta saga.

Business

category2