sábado, 30 de abril de 2016

Graphic MSP - 03 Volumes

GRAPHIC MSP: PENADINHO/TURMA DA MATA/LOUCO
Digitalização e Ajustes by Renato P. - HORDA Comics

PARA BAIXAR TODOS, CLIQUE AQUI

A Alminha vai reencarnar. E Penadinho nunca teve coragem de dizer que ela é o amor da sua... morte! Pra piorar, a fantasminha sumiu e precisa ser encontrada até o amanhecer, quando a Dona Cegonha a levará. Em 'Vida', Paulo Crumbim e Cristina Eiko reinterpretam os personagens de Mauricio de Sousa de uma forma leve, apaixonante e divertida.


Um metal tão raro quanto rentável mudou a história da "Turma da Mata". Hoje, eles estão em lados opostos e um confronto é inevitável. Em Muralha, Artur Fujita (roteiro), Roger Cruz (arte) e Davi Calil (cores) fazem uma releitura ousada dos clássicos personagens de Mauricio de Sousa, numa trama repleta de intriga política e aventura.


O seu nome é Licurgo Orival Umbelino Cafiaspirino de Oliveira, mas pode chamá-lo de Louco. Ele corre dos guardiões do silêncio, enquanto viaja pelas histórias para libertar um pássaro. Ou não? Em "Fuga", o personagem mais maluco de Mauricio de Sousa ganha uma releitura pelas mãos de Rogério Coelho.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Graphic Album #02: Batman

GRAPHIC ALBUM #02: BATMAN - DIGITAL JUSTICE
Digitalização e Restauração by HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Em um futuro próximo Gotham City é dominada por uma rede de computadores e por seus controladores, muito tempo depois que o Batman original já não existe mais. Neste mundo ficamos conhecendo James Gordon, Sargento e detetive de polícia, neto do Comissário Gordon, que assume o manto do Homem-Morcego para tentar livrar a cidade de um super-vírus de computador criado pelo Coringa, também já morto há tempos. Gordon também quer vingar a morte de seu parceiro, Leno Schwartz.

Em sua luta ele é auxiliado por um computador programado pelo próprio Batman original e também por um robô chamado Alfred, ambos encontrados na batcaverna abandonada. Para ajudar Gordon em sua cruzada se junta a ele um garoto punk que se torna o novo Robin e uma musa da música pop, Sheila Romero, que também é conhecida como Gata. e que se torna, claro, a nova Mulher-Gato. 

Batman Digital Justice fez o mesmo experimento que Homem de Ferro: Crash havia feito dois anos antes: quadrinhos gerados por computador. Enquanto Homem de Ferro é de 1988, Batman é de 1990. 

terça-feira, 26 de abril de 2016

300 de Esparta

300 DE ESPARTA - FRANK MILLER
Digitalização e Ajustes by HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

A HQ de Frank Miller, 300 de Esparta, ganhou projeção mundial quando o visionário Zack Snyder a transformou em, um longa-metragem, o que pavimentou o caminho do diretor para outros projetos baseados em quadrinhos, para o bem e para o mal. 

Então, dá-se que a história já é conhecida de muitas pessoas: a Pérsia, o poderio militar da época, está em guerra com Esparta. O rei Xerxes deseja uma rendição pacífica, já o Rei Leônidas não vê com bons olhos tornar-se escravo de outrem. 

Quando um mensageito de Xerxes é morto por Leônidas e seus soldados, a campanha para o enfrentamento tem início. O único problema é, Leônidas dispõe de um exército de 300 homens contra  os milhares de milhares que Xerxers tem a seu favor. 

Leônidas sabe que suas chances são quase nulas, mas não vai tombar sem lutar e sem fazer um bom estrago nas hordas de Xerxes, principalmente se ele usar o terreno onde estão lutando a seu favor. Os 300 são como demônios lutando pela glória de morrer em combate. 


sábado, 23 de abril de 2016

Preacher - Vol. 08

PREACHER - VOLUME 08
Digitalização e Ajustes by HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Penúltimo volume da saga de Jesse Custer contra Deus. Depois de ficar muito tempo longe de sua amada Tulipa, Custer a reencontra e também a seu amigo fura-olho, Cassidy. Mas, a treta entre os dois não é resolvida ainda neste volume.

Aqui ficamos sabendo mais sobre Tulipa, seu pai e sua infância, criada pelo homem que a tornou quem ela é. Sua mãe morre no parto e seu pai queria um menino, porém, não temos aqui aqueles casos de rejeição para o resto da vida. Tulipa recebe toda a atenção do pai e torna-se uma mulher de fibra. 

Custer vai atrás de mais informações sobre Cassidy e encontra Sally, uma sem-teto que diz saber muito mais do que ele conta. Quando Sally abre sua boca, Custer fica sabendo de coisas que não imaginava e que poderiam ter acontecido com Tulipa. 

Já Herr Starr está às voltas com mais um chefão do Graal, Eisenstein, um velho centenário, acompanhado de uma enorme rotweiller e de um capanga capaz de comer seu fígado, literalmente. Ele precisa saber como se livrar do velho, mas isso não é nada fácil. 

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Mundo Animal

 A LION CALLED CHRISTIAN - 2009
DVDRip/AVI/Legendado/Widescreen/45 Min.

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Um dos vídeos mais vistos do YouTube é de um leão que, aos poucos, se aproxima de dois homens e, por fim, acab a corredo até eles e os abraçando. Toda a história por trás deste vídeo é contada neste documentário de 45 minutos.

Christian foi comprado ainda filhote na loja de departamentos Harrods, por dois amigos que moravam juntos. A atitude hoje em dia é totalmente politicamente incorreta, mas, na época, era praticamente normal. O destino de muitos animais comprados assim não deve ter sido dos melhores, mas Christian caiu nas mãos de pessoas conscientizadas. 

Quando o leão cresce e começa a ocupar espaço e a ter necessidade de mais liberdade e mais comida, os dois amigos começam a planejar o que fazer com o animal que se tornou tão estimado pelos dois. Depois de algumas opções abandonadas, como zoológico, por exemplo, os dois resolvem que Christian precisa voltar para seu lugar natural, a selva.

Mas, claro que isso não é tão simples assim e os dois fazem de tudo para que Christian tenha uma adaptação gradualao mundo selvagem - ao seu mundo - com a ajuda de alghuém acostumado a reintroduzir animais selvagens em seu habitat natural.

O vídeo do YouTube é resultado disso. Afastados há mais de um ano, eles voltam à selvapara visitar Christian e não sabem se ele irá reconhecê-los, se irá até mesmo atacá-los. Mas, a reunião acaba bem, e o leão ainda guarda na lembrança os dois amigos que tomaram a atitude correta.

THE ANIMALS ARE BEAUTIFUL PEOPLE - 1974
DVDRip/AVI/Legendado/Widescreen/87 min.

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

A obra mais conhecida do diretor deste documentário, Jamie Uys, é o filme Os Deuses Devem estar Loucos, sobre o aborígene que pensa que uma garrafa de Coca-Cola vazia é um sinal dos deuses.

Aqui ele volta à selva para fazer um dos melhores documentários sobre a vida animal no deserto da Namíbia. A vida vivida no extremo calor e, também, quando o deserto floresce. 

Alguns trechos deixam claro como, tanto o homem, quanto o animal, fazem para sobreviver em tais lugares. Com um tom bem humorado o documentário agrada a adultos e crianças. 

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Scans 2.0: Astronauta - Magnetar

GRAPHIC MSP: ASTRONAUTA - MAGNETAR
Digitalização e Ajustes 2.0 por Renato P. - HORDA

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Quando Maurício de Souza fez seus 50 anos de carreira ele e sua equipe editorial fizeram algo um tanto quanto novo para a Turma da Mônica, chamaram vários artistas brasileiros do cenário do quadrinho nacional e cada um deu sua versão dos personagens já clássicos. Foram três volumes com essa proposta.

Aquilo fez germinar uma ideia que seria uma extensão até natural do que foi feito nos especiais MSP50: criar graphic novels com a mesma proposta de novos pontos de vista sobre tais personagens. Astronauta: magnetar foi o primeiro de uma bela leva de HQs sempre surpreendentes. 

Neste volume o Astronauta vive uma aventura digna dos granbdes quadrinhos de super-herói. Ele viaja até um evento no distante espaço e acaba ficando preso ali, como uma espécie de Robinson Crusoé. Lá ele relembra de casa e das lições do avô, além de seu grande amor, Ritinha. Tudo isso na prosa e no traço de Danilo Beyruth, autor de Necronauta. 

É o mesmo Astronauta, mas, para o infinito e além. 



P.S.: Para baixar a sequência Astronauta Singularidade, CLIQUE AQUI.

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Dias de Meia-Noite

NEIL GAIMAN: DIAS DE MEIA-NOITE
Digitalização e Ajustes Renato P. para o Rapadura Açucarada

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Era a década de 80 e Neil Gaiman havia parado de ler quadrinhos há muito tempo, por não encontrar nada mais que o empolgasse. Foi quando caiu em suas mãos um a edição de O Monstro do Pântano escrita por Alan Moore. Ele não apenas voltou a ler boas histórias, como decidiu que também iria produzi-las.

Fez amizade com o barbudão mais esquisito dos quadrinhos e pedia dicas de como fazer um bom roteiro. Quando fez seus primeiros, apresentou a Moore para avaliação. Assim, acabou chegando à editora da Vertigo Karen Berger. Sua primeira história - Jack The Green - não foi publicada.

Então, Gaiman fez Orquídea Negra, Livros da Magia e Sandman e se tornou um ícone dentros dos quadrinhos de fantasia. E fez algumas histórias curtas durante esse tempo. Em 1999, Karen Berger resolveu reuni-las em um encadernado e, para arreematar, entrou em contato com Gaiman e disse que podiam incluir aquele primeiro roteiro rejeitado, Jack The Green. A pequena história teve a colaboração do time que fez Gaiman voltar a ler quadrinhos: John Totlebeen, Steven Bissete e Tatjana Wood.

Mas, antes de 1999m em 1989, ele trabalhou no Anual do Monstro do Pântano daquele ano, escrevendo duas histórias, uma sobre o retorno de um personagem muito estranho, chamado Irmão Poder (um boneco de pano que é acertado por um raio e ganha vida) e uma história curta do Florônico desenhada por Mike Mignola. 

Em 1990 fez uma história de John Constantine, já publçicada nos encadernados que aqui foram postados do personagem: Abraço. Os desenhos são de seu colaborador assíduo Dave McKean. 

Para completar, Gaiman faz parceria com Matt Wagner, o roteirista de Sandman: Teatro do Mistério, personagem no qual o Sandman de Gaiman foi inspirado. Um encontro entre os dois personagens acontece em Sandman Teatro da Meia-Noite, com ilsutrações de Teddy Kristiansen.

Como bonus, temos os desenhos de Sergio Aragones para as itroduções de uma coletanea que Gaiman escreveu. Divirtam-se com mais essa digitalização do amigo Renato. 


sábado, 16 de abril de 2016

MDP: Fase Moore Completa

MONSTRO DO PÂNTANO - FASE ALAN MOORE COMPLETA
Digitalização e Ajustes by Renato P. para o Rapadura Açucarada



PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

O Natal chegou mais cedo no Rapadura Açucarada. Então, é Natal, e o que você fez? Scans, diria o Renato, que os enviou, para nossa alegria. 

Preciso contar a história desses scans e, em que nela, eu sou meio que o vilão. Um vilão chato bagarai: o Renato me enviou esses seis volumes a meses atrás. Eu gostei muito da qualidade e tal, mas, eles estavam pequenos. Com certeza dariam para ler normalmente, no CDisplay, Celular, Tablet e etc. Mas, desde que comecei a refazer os scans que aqui já foram postados, eu procuro não cometer o mesmo erro de antes, colocando um tamanho que não precise mais ser refeito no futuro. 

Daí que, muito chateado, eu tive de recusá-los. O Renato aceitou na boa - mesmo que provavelmente, por trás de seu e-mail, quisesse arrancar minha vabeça haheuhauea - e o assunto foi esquecido. Achei, com certeza, que nunca mais o veria, pois, se fosse comigo, acho que não teria volta. Mas teve. Inacreditavelmente ele refez todos os scans no tamanho que venho padronizando aqui. 

Para fazer jus a tanto trabalho, eu postei até mesmo os dois primeiros volumes que eu já tinha feito, agora feitos por ele, para que fique tudo no "Padrão Renatístico" de digitalização e ajustes. 

Cabe aqui uma explicação do por quê eu chamar de ajustes e não restauração, nestes scans de HQs novas. Ora, porque elas são novas. Não restauramos nada, apenas retiramos os defeitos que o scanner deixa em evidência. HQs antigas, amareladas e com defeitos mais complicados essa sim são restauradas, mesmo que nem sempre como gostaríamos, devido a dificuldade. 

Dito isso, vamos lá:

Volume 01 - Alan Moore amarra todas as pontas para começar sua saga do Monstro do Pântano. Ele mata e ressuscita o verdão que começa a descobrir coisas sobre si que nunca tinha imaginado antes. Abigail Cable se torna cada vez mais íntima do monstro, mas seu marido está cada vez mais decadente.

Volume 02 - Matthew Cable é usado por Anton Arcane para retornar ao mundo dos vivos. Seu desejo de vingança contra o Monstro do Pântano não poupa nem meswmo sua sobrinha. também ficamos sabendo mais sobre Alec Holland.

Volume 03 - Surge John Constantine, o mago criado por Alan Moore com aparência inspirada no cantor Sting. Sua relação com o Monstro do Pântano não é pacífica, mas ele surge para levar as habildades do verdoso a um novo patamar. Além disso, fantasmas e homens  venenosos permeiam este volume. 

Volume 04 - Entra em cena o Parlamento das Árvores e o monstro desvenda cada vez mais e mais sobre as suas origens elementais. mais a frente, uma reunião do montros, Constantine e vários outros personagens mágicos e sobrenaturais tem a missão de enfrentar um grande perigo. Zatanna e seu pai estão entre os convidados. 

Volume 05 - o Monstro do Pãntano cobre o mundo com o verde e isso parece ameaçador para muitas pessoas, incluindo entre elas, o Batman, que decide enfrentar o elemental. O monstro acaba indo para o espaço, onde, solitário, vive outras aventuras.

Volume 06 - As aventuras espaciais do Monstro do Pântano continuam até a despedida de Alan Moore do título que o consagrou e o apresentou para o mundo. E, indo embora, ele nos deixou um clássico inesquecível e revolucionário.



sexta-feira, 15 de abril de 2016

Sessão Dupla de Cinema

BLACK MAMA WHITE MAMA - 1973
DVDRip/AVI/Legendas Port./Widescreen/86 min.

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Pam Grier e Margaret Markov são levadas para a prisão de uma ilha em algum lugar da América Latina. Grier por estar envolvida com o tráfico e Markova por fazer parte de um grupo de guerrilheiros do lugar. Assim que chegam, percebem que uma das duas mulheres que comandam a prisão fará da vida delas um inferno se elas se negarem a ceder favores sexuais.

Quando estão sendo transferidas e acorrentadas uma a outra o ônibus em que estão é atacado pela guerrilha. Conseguem escapar, mas acorrentadas. Com objetivos diferentes, a tensão entre cada uma delas cresce. Perseguidas, vão precisar entrar em um acordo para conseguirem sobreviver. 

Uma espécie de Acorrentados em versão feminina.



OS BANDIDOS DO TEMPO - 1981
DVDRip/MP4/Legenda em port./Widescreen/116 min.

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Um grupo de anões invade o quarto de um garoto. Eles estão sendo perseguidos pelo Ser Supremo e, ao mesmo tempo, pelo Mal em pessoa. Arrastando o garoto com eles, seguem o mapa que roubaram do Ser Supremo e vão parando em várias épocas da História. 

Começam aterrisando junto a Napoelão, passam por Robin Hood e seguem até o mundo da fantasia. A única intenção do bando é roubar as relíquias destes lugares e fugirem para o próximo ponto indicado no mapa. Porém, um ser de pura maldade se prepara para roubar-lhes o mapa e, com isso, dominar toda a criação. 

Terry Gilliam e sua genialidade pós-Monty Python a pleno vapor. 

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Scans Que Eu Li: DBR

DEAD BODY ROAD - 06 EDIÇÕES
Tradução e Letras: Guardiões do Globo/Só Quadrinhos



PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Um ex-policial tem sua esposa, que ainda era policial, assassinada durante um roubo de banco. Amargurado, ele agora só quer ir atrás dos bandidos até descobrir qual deles a matou. Porém, as coisas sõa bem mais complicadas do que ele pensa.

Quando tenta obter informações de um dos ladrões, acaba descobrindo que o assalto a banco era algo muito maior, envolvendo dinheiro de drogas. Tendo sido interrogado antes da chegada de Gage (o homem em busca de sua vingança), o ladrão está moribundo e pede que Gage proteja a única pessoa que sabe do dinheiro, Rachel, a esposa dele. 

Rachel agora é uma fugitiva, mas a gangue de seu marido recentemente falecido não vai deixá-la em paz até saber onde está o dinheiro. Rachel sabe que vai morrer, mas Gage não deixa, pois precisa dela viva para conseguir a informação que quer: quem matou sua esposa.

Cobb é um ex-parceiro de Gage, quando os dois eram policiais. Aparece do nada e oferece sua ajuda para irem atrás da gangue. Porém, Gage não conia o suficiente nele, mesmo assim aceita a oferta.

Dead é de Justin Jordan (Luther Stride) e é ilustrada por Matteo Scalera (Dark Science). É praticamente um filme de ação - muita ação - em quadrinhos, com direito a uma edição inteira dedicada a algo que pouco ou nunca se vê nos quadrinhos: uma perseguição de carros. 

Sentem em suas poltronas e aproveitem a sessão.

terça-feira, 12 de abril de 2016

Tirinhas do Homem-Aranha

AS MENTALMENTE ABALADAS AVENTURAS DO HOMEM-ARANHA
Adaptadas por Eudes Honorato e  Ilustradas por John Romita, Sr.

Clique Para Ampliar

Acho que já deu para perceber que muita coisa aqui é apenas encheção de linguiça enquanto os scans feitos para o blog não vem. Eu não quero deixar o blog estagnado, com um post a cada semana ou mais. Daí que vou inventando o que postar: filmes, documentários, animações, que assisto ou que considero relevantes. Não procuro transformar em um bçlog de filmes e quadrinhos porque não quero que seja nada obrigatório. Coloco quando der na telha. 


As seções "Replay" e "Scans Que Eu Li" também são para tentar manter a rotatividade. Na "Replay" procuro colocar os scans mais relevantes que já foram feitos aqui e que os novos visitantes talvez não tenham visto ainda e, até mesmo, os antigos, já que podem não ter acessado na época em que foi publicado. 


A "Scans Que eu Li" é a mais cara de pau, já que só tenho o trabalho de ler e postar. Mas, é melhor do que na época que eu apenas publicava sem ler. Agora procuro dar meu parecer sobre os scans que são feitos em outros sites, blogs e fóruns, e assim mantenho o RA girando. Sei o que estão pensando, "contanto que ele não coloque poemas, como fez há alguns anos atrás, tudo bem". Podem deixar, nada de poemas. 


Tudo isso são por motivos simples e complicados ao mesmo tempo: desde que comecei a fazer os scans, eu fui me aperfeiçoando e levando cada vez mais tempo para fazê-los, na tentativa de que fiquem cada vez melhores, mesmo que ainda não consiga isso com todos. Também há o fato de que sempre vão aparecendo coisas do dia-a-dia que tomam bastante tempo e precisam de atenção. 


Eu não vejo os scans como um trabalho, nem como uma obrigação, desde o começo sempre foi uma distração. Mas, sempre é bom manter quem vem por aqui informado do porque essa distração às vezes demora para aparacer por aqui. E, sim, essas tirinhas que fiz pro Facebook também são só para encher linguiça neste post, hahahheuhauehauhe.


As tirinhas originais foram publicadas no Volume 01 de As Tirinhas do Homem-Aranha publicada pela Panini, que teve dois volumes. Aqui no blog temos apenas o primeiro volume



BÔNUS TRACK: SUPERMAN EM TIRINHAS
Adaptação: Eudes Honorato/Ilustrações Paul Kuperberg

Clique Para Ampliar


domingo, 10 de abril de 2016

Top Ten Heroes/Batman Unmasked

DISCOVERY: OS HERÓIS DOS QUADRINHOS
DVDRip/AVI/Fulsscren/46 Minutos/Dublado
(Legendas em port. onde é necessário)

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Os Super-Heróis dos Quadrinhos (Top 10 Comic Book Heroes) é um documentário de 46 minutos produzido pelo Discovery Channel que chegou a ser veiculado por DVD. 

Não é um  documentário sobre o tema super-herói em si, mas, como diz o título original, um Top 10 dos heróis escolhidos pelo público e a análise, em alguns minutos, da criação, motivação e conceitos desses heróis. 

O documentário não se atem apenas ao super-heróis americanos, pois temos na lista Tintim, Akira e Judge Dredd (que é britânico, caso alguém não saiba). O formato top ten torna o programa meio restrito e curto, mas ainda traz boas doses de informações. 

O arquivo aqui em questão traz a narração dublada, com os depoimentos de artistas e outros, legendados, por isso, baixe a legenda. 

BATMAN DESMACARADO: A PSICOLOGIA DAS TREVAS
DVDRip/AVI/Widescreen/Legendado/44 minutos

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI 

Já este documetário produzido pelo History Channel trata de um personagem específico, que está em evidência novamente, graças ao filme Batman v Superman. 

Através da análise de sua origem e de sua criação, como personagem, como pessoa, os convidados procuram analisar quem é, como age, e porque age este personagem tão obscuro e atormentado. 

Criado em 1939 por Bob Kane e Bill Finger, ganhou notoriedade muito rapidamente, sendo agraciado com uma legião de fãs que admiram sua inteligência e capacidades quase sobre-humanas. Por não ter superpoderes, ele se torna mais próximo dos leitores que o veem como um herói possível. 

Retratado de várias maneiras desde que foi criado, o heróis é, em sua essência, um homem obscuro e amargurado, que caminha na fina linha entre o heroísmo e o vigilantismo puro e simples. Sua galeria de vilões é tão bizarra quanto um homem que se veste de morcego. 

O homem por trás da máscara pode ser ainda mais complexo do que parece. Assim sendo, assista e descubra mais.


sexta-feira, 8 de abril de 2016

Graphic Album #04

GRAPHIC ALBUM #04: SOMERSET HOLMES
Digitalização e Restauração by HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Ela andava a beira de uma estrada durante a noite quando foi atropelada. Ao acordar, não lembrava mais quem era. Estava totalmente no escuro sobre seu passado e como viera parar ali. Deu a si mesma o nome de Somerset Holmes, inspirada em um outdoor que viu, enquanto pegava carona. Someset não sabia quem era, mas, muita gente parecia saber.

Bruce Jones e sua esposa April Campbell deram vida a Somerset como um projeto cinematográfico. Como o andamento das negociações do roteiro estavam demorando, os dois resolveram chamar Brent Anderson (aqui desenhando bem ainda) e transpor o roteiro para os quarinhos no formato de uma minissérie que, mais tarde, foi publicada como graphic novel. A personagem é inspirada na própria April Campbell. 

Depois de acordar desmemoriada, Somerset vai parar na casa de um médico e, a partir dos acontecimentos na casa do mesmo, ela percebe que está em perigo e sendo perseguida por pessoas que ela não conhece. Não dá para confiar em ninguém, pois ela não sabe quem a conhece e todos parecem saber quem ela é. 

Então, se inicia uma caçada digna dos melhores filmes de ação e suspense. Todos parecem querer uma misteriosa chave que ela possui, e que não sabe para que serve. Cada vez que escapa da morte, ela se aproxima mais e mais da verdade. Uma verdade que talvez fosse melhor não lembrar.



quinta-feira, 7 de abril de 2016

The Screaming Skull

MYSTERY SCIENCE THEATHER 3000
APRESENTA: O GRITO DA CAVEIRA - 1958
MKV/DVDRip/Fullscreen/Legendado/91 min

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Mystery Science 3000 era uma série que reunia alguns robôs e o piloto de uma nave espacial que eram obrigados a assistir os piores filmes já feitos e, como não tinham escolha, compensavam isso fazendo comentários sacanas durante a sessão. 

Aqui é mais conhecido pelo único título de O Filme Mais Idiota do Mundo, em que apenas um dos episódios foi lançado por aqui, inclusive com versão dublada, o que, para alguns, deixou a coisa mais engraçada ainda. O filme satirizado no episódio foi Guerra Entre Planetas (This Island Earth), de 1955, onde ficamos conhecendo o que é um "enterocitro". 

Infelizmente encontrar outros episódios legendados dessa extensa série parecia uma tarefa impossível, até que voltei ao CINE SPACE MONSTER, depois de muito tempo, onde, além desse, há pelo menos outros 11 episódios (dos quais não sei se todos estão com links ativos). 


A tradução das legendas é feita por Doug Trash. Não só para Mystery Science Thearher 3000, como para outros filmes de ficcão-científica e terror, raros. Ele e outros colaboradores, incluindo o do no do blog, Carlosm42.

Mas, nos atentemos para o episódio aqui postado. O Grito da caveira é um filme que, realmente, para os dias de hoje, não mete medo algum, como prometem logo na abertura, os produtores, chegando a oferecerem-se para pagar seu caixão, caso você morra (de medo) durante a exibição. 

Os intrépidos robôs e o piloto têm que assistir antes do filme em questão, uma animação de massinha a qual parece precária mesmo para a década de 50. É o aperitivo antes do prato principal.

Jenni e Eric são recém-casados e Eric a leva para morar na gutural casa onde sua esposa anterior morreu em cisrcunstâncias obscuras. Jenni sente a presença simbólica da falecida esposa ainda é forte. Além disso, o jardineiro, levemente abilolado, Mickey, parece não gostar tanto assim da nova esposa, já que era muito apegado a anterior. 


Tudo vai bem, apesar dos pesares, até que Jenni começa a ouvir um grito horripilante, que Mickey, o jardineiro muito louco, atribui à falecida. 

Com um orçamento baixíssimo, o que vemos é uma profusão de defeitos especiais e atuações tediosas. Porém, na pasta do arquivo do filme, acompanham alguns making ofs, tanto da animação em massinha, quanto do filme em si, e a atriz protagonista, já idosa, nos explica como foi fazer o filme e alguns especialistas o defendem como um filme realmente assustador. 

No fim das contas, o que vale é a diversão, mesmo que muitas piadas só façam sentido para o público dos EUA. Seja lá como for, você pode muito bem se divertir num filme que, visto sozinho, sem os companheitos do MST3000, seria algo assustador, mas não no bom sentido. 




terça-feira, 5 de abril de 2016

Thriller - A Cruel Picture

THRILLER - UM FILME CRUEL
DVDRip/AVI/868MB/Legendas Separadas/106 min.

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Quase todo mundo que conhece este filme, o conhece por causa de Tarantino e suas referências a ele em seus filmes. O filme também é conhecido como "They Call Her One Eye" (Ele a Chamam de Caolha). 

É a primeira vez que o assisto e ele me fez lembrar de um cinema que havia aqui em Botafogo (Rio de Janeiro), onde eu, quando garoto, passava e ele estava sempre fechado, mas dava para ver os cartazes de filmes lá dentro. Eram sempre uns filmes que eu nunca vira na vida, nem na TV, nem nos cinemas normais da vida. Davam medo.

Com o tempo vim a saber que são os chamado grindcore e/ou sexploitations, dos quais não sou nem um pouco conhecedor e nem tento fingir que sou. Para mim, são apenas filmes muito estranhos, embora, muitas vezes, divertidos a seu modo. 


Este aqui é sobre uma menina que é estuprada (ao menos é o que se dá a entender) por um velho, quando ainda era pequena. Isso lhe causa um trauma que faz com que ela não fale mais. Ao crescer, depois de sair do trabalho na fazenda dos pais, ela vai dar uma volta e acaba aceitando a carona de um estranho [mesmo já tendo tido problemas com estranhos no passado] e aceita ir ao apartamento do mesmo estranho(?) e bebe o que ele lhe oferece(?). Creio que sem isso, não teríamos história, deve ser a desculpa. 

O fato é que acontece o que tinha que acontecer: ela é drogada pelo maníaco que a torna uma prostituta dependente de heroína. Segundo o malandro, se ela não obedecer, ele não dá a heroína e ela morrerá sem mais uma dose. 

Madeleine tenta lutar contra ele nas primeiras tentativas de ele trazer clientes e ele a castiga furando um de seus olhos (por isso a chama de Caolha). Diz a lenda que  na cena do olho sendo furado usaram um cadáver. Mas, quem é que sabe. 


O maquiavélico vilão, um ator muito do ruim, escreve uma carta para os pais da garota, como se ela estivesse renegando-os, dizendo que não quer mais saber deles. Eles respondem à carta e isso me faz perceber que eles o genial vilão colocou o endereço real e, pior, mesmo sabedo onde a filha está, os pais não fazem questão de ir lá tentar convencê-la a voltar. 

Mas, tudo bem. Rola o rolo: sem opção, Madeleine resolve fazer o que o homem quer, se prostituir. Ela recebe uma parte do lucro, para que não fique totalmente insatisfeita. Quando dois acontecimentos trágicos se abatem sobre ela, a vingança começa a ser planejada. 

Apesar de ser uma prisioneira, Madeleine pode sair, pois seu captor sabe que ela voltará por causa da heroína. Mas, ela aproveita o tempo fora para se tornar perita em direção, artes marciais e tiro. Os instrutores aparecem do nada e são pagos com o dinheiro que ela recebe se prostituindo. 


O filme contém algumas cenas de sexo explícito que, provavelmente, não foi a atriz que as fez. São sempre closes de, digamos, penetrações e nenhuma cena indica que ela mesma as encenou. 

Mas, não estamos aqui por isso, e sim, pela vingança. O filme entra em seu clímax quando ela vai atrás não só de seu captor, mas de cada um com qual foi obrigada a trepar. Não são muitos, então o tempo tem que ser preenchido com ela atacando policiais em câmera lenta. 

Ela rouba o carro dos policias sem nenhum motivo aparente, já que ela possuía um carro que ainda estava inteiro. Quando vão atrás dela, começa a cena de perseguição digna de filmes dos Trapalhões. Não se sabe exatamente porque, mas os carros que a perseguem ou que desviam dela são de péssima qualidade e explodem à mínima batida. A certa altura, dois carros batem de frente e eu penso, "ah, bom, ao menos não expl..." BUUUUMMMMMMM!


Falando assim, parece até que não gostei do filme, mas, a verdade é que gostei bastante. Há a beleza da atriz que casa muito bem com seu silêncio, dando um ar de suspense que nos faz esperar que aconteça o pior. A roupa que ela usa  quando se torna a vingadora é quase um uniforme de tão foda que é. O tapa olho complementa tudo. 

Tudo bem que ela mata pessoas extremamente idiotas que parecem não saber o que significa correr. Ou talvez seja a maldita câmera lenta que os atrasa e acabe dando a vantagem a ela. Mas, ver bandido (ou apenas gente que queria transar) sempre é legal. 

O epílogo, onde ela enfrenta o seu algoz é algo perturbador, mas satisfatório. Nos filmes  americanos (este é sueco) de ação ou mesmo de suspense, o vilão costuma fazer o diabo, matar, estuprar e etc, para no fim, morrer de repente, com o pescoço quebrado ou com uma bala na cabeça. Madeleine, não faz isso. Ela ensina como realmente se deve matar alguém que sequestra mulheres para prostituí-las. 

No fim, fica aquela sensação de que o filme transita entre a genialidade e a idiotice e, mesmo assim, você não consegue parar de assistir. 




Business

category2