sábado, 12 de março de 2016

A Arte de Frank Cho

A ARTE DE FRANK CHO & WOMEN BOOK I e II
Digitalização by K6 of Ultron & Empire


PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI


Que dizer deste sul-coreano que não conheço a já considero pacas? Duk Yun Cho (ou Frank Cho) é um dos melhores ilustradores de quadrinhos, principalmente no quesito Mulheres Gostosas. 

Com as polêmicas vazias de feministas sobre como a mulher deve ser representada nos quadrinhos, Cho acabou por tomar partido do Time Gostosas, depois da polêmica sobre a capa alternativa de Milo Manara para a Mulher-Aranha, comprando até inimizades com o desenhista de Spider Gwen, um feministo declarado que odiou quando Cho sensualizou sua personagem. 

O fato é que Frank Cho faz aquilo que gosta: desenha e desenha bem. Em trabalhos como o reavivamento de Shanna, a Mulher-demônio, Cho deixa claro que usa os quadrinhos para o que eles são: fantasia e diversão, não como plataforma para lutas sociais. Não que eles não possam ser. Claro que podem, e até devem ser usados assim, mas com certeza dentro de um contexto. 


Seu maior sucesso é Liberty Meadows, tirinha de sua autoria que retrata a vida de animais falantes em uma espécie de casa de repouso, onde são cuidados por humanos. Quando trabalhou em Os Novos Vingadores, ele insere aparições especiais nas histórias de personagens parecidos com os de Liberty Meadows. 

Sua maior marca são realmente as mulheres sensuais, mas não se restringe apenas a isso, o o texto de Liberty Meadows deixa bem claro. Cho é um grande contador de histórias.

Os três volumes aqui publicados nos trazem uma amostra do trabalho detalhista de Cho e de sua habilidade em retratar o corpo humano. No mais, só posso dizer uma coisa às feministas que procuram ditar como se deve desenhar quadrinhos de super-heróis: Cho!


4 comentários:

Unknown disse...

cARACA!!!
O CARA É FERA, GOSTEI DEMAIS DA POSTAGEM
ME LEMBROU OS QUADRINHOS DO MANARA

Cardoso disse...

"polêmicas vazias de feministas"...poxa bro achei que você se predispunha a ler mais sobre. Não se limite a esse argumentou que "feministas enchem o saco", muitas das pautas são válidas.Posso ser homem, mas mesmo assim me incomodo as vezes com a forma que a mulher é retratada. E pensando no mundo dos hqs, há muita coisa a ser mudada. Uma delas é a falta de ilustradoras e roteiristas.Contudo, concordo que nem todos os autores precisam usar o hq como plataforma de criticas sociais. Deve-se existir um livre arbítrio.

Eudes Honorato disse...

Eu respeito as feministas sérias. Quando falo de feminismo é esse vazio que se preocupa com uniformes de heroinas ou aquele que berra pq um remake foi criticado e elas acham que é pq o o elenco foi trocadol por mulheres e nao pq o filme é um fiasco.

Infelizmente eu nao posso dizer "feministas sérias" em público, sem ser execrado, tb. O que acho é que esta se gastando muita energia com coisas que nao vão mudar em nada o comportam,ento masculino para com as mulheres, e muitaas dessas perdas de tempo tem irritado as proprias mulheres, afastando-as da ideologia feminista. Em resumo, estão fazendo um desserviço.

Mas, sim. concoredo plenamente que há muita coisa que é preciso fazer para igualdade e respeito, coisas que essas que eu citei, não estapo fazendo.

Anônimo disse...

Muuito tempo meeeeesmo eu conheci seu trabalho... acho que quando começou a fazer scans... baixei um monte de coisas suas... mas agora que me "liguei"... tudo bem com você guerreiro? as ultimas postagens que vi são de março de 2016...

Business

category2