domingo, 21 de novembro de 2010

8 Anos de RA


OITO ANOS DE MUITAS ERAS

Aqui estamos, completando mais um ano de blog. Como todo bom e antigo super-herói, o Rapadura Açucarada já passou por várias fezes, quer dizer, fases. Alguém até mesmo escreveu, em algum canto da internet, que ele parecia um pouco com o Incrível Hulk, com suas várias cores, representando suas várias mudanças. Também, quando os scans deixaram de ser publicados pela primeira vez, por aqui, foi cunhada a expressão Era de Ouro, para se referir àquela época. Tá, tá, não chegou a ser cunhada, afinal é uma expressão comum dos quadrinhos, mas se não foi cunhada, pelo menos sogra deve ter sido (piadas ruins, se nunca fez uma jogue a primeira página).

Enfim, o blog realmente pode ser dividido em várias dessas fases, como se faz com as épocas dos quadrinhos de super-heróis, sendo que cada Era, teve suas próprias características. Não foram poucas as aventuras, super-vilões, Crises nos Infinitos Servers, e sabe-se lá o que mais. Assim sendo, vamos viajar um pouco pelo passado, rumo às Eras da Rapadura:

A ERA DE OURO - Sim, a chamada Era de Ouro, a única das citadas aqui que é rapaduristicamente reconhecida, foi o começo e o auge do blog em quase todos os sentidos. Culpa dos scans de histórias em quadrinhos, claro. Se não fosse isso, o Rapadura teria sido apenas mais um dos milhares de blogs que nasciam e morriam mais rápido que personagem da Marvel. E não ressuscitavam.

Todo mundo já tá careca de saber como tudo começou e não vou detalhar pela milésima vez. O fato é que foi quando resolvi colocar os scans de gibis que o blog deslanchou e se tornou conhecido, principalmente entre os leitores ávidos da Nona Arte. Essa Era durou exatos oito meses, quando fui forçado a parar com a distribuição do material digitalizado. Tão atrelado estava o blog aos gibis escaneados que a conclusão natural era que tudo terminaria se os scans terminassem. Mas, não foi bem assim.

A ERA DE PRATA - Apegado ao blog como eu estava, não me importei muito com o fim dos scans e resolvi continuá-lo assim mesmo. Um fator importante para que eu continuasse foi que eu não o criei com a intenção inicial de ser um blog de scans. E como o nome do blog não tinha compromisso apenas com quadrinhos (na verdade, não tem compromisso com nada), eu decidi que ia continuar, fosse como fosse.

Mais uma vez usei a inspiração da própria internet, ou o copy/paste da vida e resolvi colocar links de tudo quanto era coisa. Vídeos (numa era que nem existia Youtube ainda), curiosidades, games, imagens engraçadas e... mulher pelada. Era engraçado ver como as pessoas vinham ao blog pelas "belas nuas" mesmo existindo sites e blogs mais especializados (e mais tarados) que o Rapadura, sendo o Dedada Digital o mais pervertido e famoso deles, na época.

A obsessão que eu tinha com os scans, transferi para a caça a links, o que tornava o blog responsável pela baixa produção em muitos locais de trabalho, numa época em que não existia o Twitter ainda para fazer isso.

A Era de Prata ainda foi "famosa" por eu ter começado a escrever poemas, que causavam a ira da maioria dos visitantes, que deviam pensar, diabos, eu quero ir lá ver mulher pelada e links interessantes, mas tenho medo de esbarrar com algum poema mela cueca do OutsiderZ (usava ainda este nick).

Também foi por essa época que comecei a escrever sobre meus tempos de infância, adolescência e começo da idade adulta, assim como me atrevi a escrever alguns contos, coisa que só havia feito uma única vez antes, em uma máquina de escrever que pesava 50 quilos.

Então, basicamente, a Era de Prata foi esse período sem scans, que lotei o blog de links, poemas, contos e mulher pelada, a maioria lesbicamente falando. E, nessa mesma época, como todo bom super-herói, o blog até mesmo morreu e ressuscitou. E, como todo bom super-herói, ressuscitou renovado. Daí, teve início...

A ERA DE BRONZE - Lembram do Universo Amálgama, quando DC e Marvel se fundiram em um único universo? Pois, bem, a Era de Ouro e a Era de Prata se fundiram em uma só para formar a Era de Bronze. Por quê? Pois bem, eu continuava fazendo tudo que fazia na Era de Prata, até que resolvi que estava na hora de voltar com eles, sim, os scans. E, de certa forma, voltaram até melhores do que antes.

Desapegado do mundo material, eu não tinha os mesmos pudores com os quadrinhos que comprava, principalmente encadernados. Se antes eu procurava scans de quadrinhos estrangeiros, para poder transcrever de algum gibi encadernado, o texto em português, dessa vez eu simplesmente desmantelava a revista página por página e a escaneava. Mais rápido e mais fácil.

Além de tudo, eu continuava com os meus textos, sendo que as poesias e os links foram aos poucos desaparecendo, ficando apenas as memórias e contos, nascendo, dessa continuidade, o personagem de faroeste Jerusalem Jones, que rendeu até mesmo um e-book.

Na Era de Bronze a colaboração com pessoas como Dani Loturco, Bob Cuspe Jr., Nikki Nixon, JP Volley, entre váaaaaarios outros, renderam scans e conjuntos de scans memoráveis como por exemplo, Akira completo, Preacher completo, Revista Animal completa, Revista Circo completa, Revista Aventura e Ficção completa, continuação de traduções como Hellblazer, Planetary, Livros da Magia, entre outras e muitos números escaneados de Chiclete com Banana, Piratas do Tietê e sabe-se lá o que mais.

A Era de Bronze terminou não por imposição de ninguém. Terminou simplesmente porque escanear dá muito trabalho e uma hora cansa, e acabei cansando e os scans foram sumindo. Mas, eu não me preocupava muito. O fato de vários blogs, sites e fóruns redistribuirem o conteúdo do Rapadura, junto com o que eles mesmos faziam, me deixava tranquilo quanto aos scans. Assim, pude pensar em outras coisas.

A ERA DO FARRA - Sim, o tempo dos scans no blog havia passado em definitivo. Mas, nada impedia que o blog desse origem a outra coisa, a um fórum por exemplo, onde os scans pudessem ser colocados e, quem sabe, até novos serem feitos. Assim, foi fundado o F.A.R.R.A., sigla remanescente da Guerra dos Scans, que na época significava Forças Armadas de Retaliação do Rapadura Açucarada (ou algo bem parecido). Quando retomei a sigla para o fórum, ela passou a significar Fórum de Agrupamento dos Revolucionários do Rapadura Açucarada. O blog começava uma nova era, mesmo que fosse meio que fora dele.

Essa época me fez experimentar (e gostar) de postar algo que eu nunca havia postado antes: filmes! E isso foi tomando conta de mim, e das pessoas do fórum e acabou se tornando algo tão grande que chamou a atenção demais. O FARRA foi o primeiro de muitos fóruns, blogs e sites de scans (e/ou filmes) a serem denunciados. Após 3 anos, e várias tentativas de continuar, o fórum foi obrigado a parar de postar scans e filmes. Ele continua, mesmo que seja como A.R.R.A.F. (Agrupamento dos Revolucionários Remanescentes do Fórum Farra) e é apenas para o pessoal que se acostumou à camaradagem do fórum poder continuar os bate-papos. O fim, de mais uma Era, o ínício de outra.

A ERA SUPERSÔNICA - Com o fim do FARRA como o conhecíamos, muitos que se acostumaram (leia-se, viciaram) a postar conteúdo, resolveram eles mesmos começar seus próprios blogs e fazer as coisas do modo como gostam. Eu, do meu lado, passei a dividir a atenção do Rapadura Açucarada com o Twitter, Tumbrl, Papaias Celestiais, e nesses dias atuais, com minha esposa acidentada, por isso tudo parece um pouco abandonado. Mas é só impressão, vide este post aqui.

Não sei quantos anos mais o Rapadura Açucarada fará, mas gosto de saber que o trouxe até aqui, com tantos spin-offs, durante esses oito anos. Muita água passou embaixo da rede, muita gente veio e se foi e alguns ficaram. E boas lembranças ficam a cada ano que se passa.

Gosto de saber (egotrip) que muita gente se inspirou nesse blog para começar os seus, e alguns se tornaram muito maiores que o RA, o que é motivo de orgulho pra mim. O blog em si, passou por todas essas várias Eras e continua sendo quase o mesmo RA de quando começou, antes mesmo dos scans: sem compromisso com nada. Não é um blog de quadrinhos, não é um blog de cinema, não é um blog de cultura pop, é o blog Rapadura Açucarada.

Quem sabe ele ainda esteja aqui até o fim das Eras.

Business

category2